Se existe algo que irrita profundamente um empreendedor entusiasmado ou líderes sedentos por crescimento, inovação e, consequentemente resultados, são respostas comodistas, aquelas que satisfazem, mas não expressam empolgação.

As conhecidas respostas “fáceis” são comumente ouvidas nos mais diversos corredores e níveis das empresas, sem que se perceba que aí mora uma grande oportunidade de crescimento profissional. É claro que, muita gente, após ter este ímpeto criativo e proativo que normalmente é bem aceso nos primeiros 10 anos de carreira, acaba também por apagar este fogo por várias frustrações de seus líderes ou por fracassos em suas investidas.

Acredita-se que esta descendência ou apagão entusiástico está mais focado na própria essência humana da acomodação do que nas frustrações citadas acima. Digo isso por perceber que, em vários destes ambientes, ainda existem perfis que buscam o algo a mais, que possuem aquela insatisfação produtiva, uma pulsação em fazer o melhor e diferente. São estes profissionais que impulsionam as mudanças, as inovações e, principalmente, os reais diferencias nas empresas.

Antes de dizer “tá bom assim”, pare e se esforce para evoluir. Mesmo que pouco, isso pode se tornar uma atitude automática e, assim, mudar muitos resultados no futuro.

Informe seu e-mail:
ME INSCREVER

Receba meus artigos diretamente no seu e-mail

Se mantenha atualizado, assim que postar um novo artigo no blog você será avisado.
close-link