Feliz de quem convive com pessoas que querem somente o seu sucesso, o seu bem, que se preocupam em apontar-lhe o caminho da verdade, embora aceitar o que é dito com sinceridade constitua uma das maiores dificuldades do ser humano.

As pessoas realmente sinceras que estão ao nosso redor no trabalho, no lazer, ou até mesmo na família, costumam, além de julgar e condenar nossas atitudes, dizer diretamente o que pensam a nosso respeito. Muitas vezes elas têm plena razão e óticas verdadeiras sobre a forma como agimos no nosso dia-a-dia, porque somos aquilo que pensamos, falamos e fazemos, mas, devido à nossa prepotência e à nossa incapacidade de autocrítica, acabamos criando uma imensa barreira entre as verdades que nos são ditas e a real percepção que temos de nossas atitudes, quer por não aceitarmos o julgamento, quer por repelirmos a crítica, numa espécie de ação e reação instintiva, peculiar ao ser humano.

Fugir da verdade normalmente é a primeira saída e a atitude mais prática que encontramos, porque a verdade dói, penetra em nosso eu impiedosamente… Contudo, bastam alguns momentos de reflexão para percebermos quanto temos a aprender e quão grande tem sido nosso descompasso em algumas situações: pensamos e propagamos nosso pensamento de uma maneira e acabamos agindo de outra totalmente diferente, sem nos darmos conta de que esse descompasso causa muitos danos não só às pessoas que convivem conosco, mas principalmente a nós mesmos. Não atentamos para o fato de que a freqüência dessa atitude pode mesmo se transformar em um vício que, com o tempo, irá corroer nossas mais íntimas verdades e nossos princípios mais genuínos.

Exercitar a sincronia entre pensar, falar e agir, de uma maneira coerente, estabelece em nossas mentes uma sensação de equilíbrio e paz interior que acaba resultando em uma postura de controle e equilíbrio perceptível às pessoas que estão a nosso redor. E essa atitude nos leva também a uma maior autocrítica, a um novo posicionamento, a uma nova forma de agir.

Ser verdadeiro no pensamento, na fala e na atitude é uma das maneiras mais simples e eficazes de resolvermos diversos problemas e situações. Ou, ainda, de evitarmos diversos mal-entendidos, situações equivocadas, pois muitas vezes somos nós que os causamos com a barreira que criamos diante daqueles que procuram ser sinceros conosco.

Informe seu e-mail:
ME INSCREVER

Receba meus artigos diretamente no seu e-mail

Se mantenha atualizado, assim que postar um novo artigo no blog você será avisado.
close-link