Agradeço todos os dias por conviver em minha vida com mentores de primeiríssima qualidade, muitos deles nem sabem o quanto consigo extrair de suas palavras, comportamentos, atitudes, visões, decisões, reflexões, enfim, da oportunidade de simplesmente poder conviver. Às vezes, alguns minutos de conversa valem como a essência de uma aula magna.

Estes mentores que chegam a ter 5, 15 e até 25 anos a mais do que eu, são pessoas pelas quais tenho muita admiração, deixando os ouvidos e olhos sempre atentos. Perto deles, tento ao máximo, ficar em silêncio, capacidade que ainda me falta.

Perdi o meu pai muito cedo e ao morar sozinho desde jovem, fui selecionando e observando os meus guias, aqueles que me inspiravam, aqueles que tinham um pouco, ou pelo menos uma parte do que eu gostaria de ser no futuro, desta maneira me tornei um observador permanente.

Passados muitos anos, hoje consigo ver nitidamente o que estas pessoas puderam auxiliar no direcionamento do meu caminho e escolhas. Sem o pai presente, sinto por estes guias, por total livre escolha, a importância de tê-los por perto e o tamanho do meu carinho e agradecimento. Trato estas relações com cuidado extremo, pois em cada uma delas, mora uma fração do pai ausente.

Em um destes encontros especiais, com dois destes mentores, foi lembrada uma frase também colhida de outros ensinamentos, “o olhar não envelhece”, naquele momento pairou um silêncio diante de uma das afirmações mais verdadeiras que já ouvi, a vida nos bate forte, nos envelhece, nos transforma, nos agride sem dó. Os distanciamentos acontecem sem que possamos controlá-los, mas basta rever um olhar verdadeiro para que possamos interpretar e reviver o tamanho da relação.

Um olhar não tem pele enrugada, não tem controle, não tem tempo, não tem cabelos brancos, um olhar é algo involuntário em nossas vidas, é simplesmente reativo a sua leitura, é veloz em sua expressão, em sua identificação, em sua instantânea relação com a memória dos sentimentos.

Um olhar não envelhece!

Simples assim, nele mora a eternidade imutável do sentimento, feliz de quem semeou este patrimônio guardado em seus relacionamentos.

Pode ser que nele, o olhar, more a verdadeira expressão de algumas palavras que começam com a letra “A”, Amizade, Amor, Abraço, Alegria, Aconchego, Aliança, Adoração, Anjo e assim por diante.

A partir de hoje, perca menos tempo olhando para tudo que envelhece e comece a dar valor para aquilo que permanece, independentemente do tempo.

Informe seu e-mail:
ME INSCREVER

Receba meus artigos diretamente no seu e-mail

Se mantenha atualizado, assim que postar um novo artigo no blog você será avisado.
close-link