Há algumas semanas fui convidado pela Editora Saraiva para fazer uma palestra a um grupo de professores do ensino médio na cidade de Itatiba. Na hora não hesitei em aceitar, pois as novidades eram muitas: primeiro pela honra do convite; depois pelas inúmeras situações novas que eu poderia estar vivendo, como conhecer a cidade de Itatiba, falar para professores e, principalmente, abordar um assunto sobre o qual, em parte, nunca havia dado o meu ponto de vista.

Ao receber o briefing da palestra me deparei com uma frase aparentemente assustadora: Empreendedorismo com foco em Sustentabilidade e Desenvolvimento Social. Na hora me pareceu algo extremamente complexo diante da minha experiência na área, mas aos poucos fui digerindo o assunto. À medida que pensava, uma linha-mestra foi surgindo em meus pensamentos. Chamei alguns profissionais para sentir como eles interpretavam aquelas palavras numa mesma frase e rapidamente senti que os semblantes se retorciam diante da indagação.

Comecei a refletir como seria falar sobre este tema para professores que iriam aplicar didáticas com alunos de 15 anos ou pouco mais, se nem os profissionais da agência conseguiam interpretar de bate-pronto tamanha complexidade.

Com essas percepções, entendi que a primeira coisa a fazer no preparo da palestra seria desmistificar as palavras envolvidas e, aí sim, criar caminhos capazes de estimular o entendimento do tema.

A primeira palavra, EMPREENDEDORISMO, traduzi como um ato de transformação de ideias e matérias-primas que tenham como alvo o encontro ou a criação de novas demandas. Quanto à palavra SUSTENTABILIDADE, eu a desconstruí de maneira simples, transformando-a em SUSTENTÁVEL, depois em PERENE, depois em ETERNO, até chegar no “PARA SEMPRE”. Para a palavra SOCIAL, utilizei o mesmo raciocínio, traduzindo-a como conjunto de pessoas, grupo, até chegar em “NÓS”.

Bem , após este raciocínio, entendi que a charada estava matada e, assim, criei o Projeto “Nós Para Sempre – Jovens Empreendedores – Cidade de Itatiba”. Para minha alegria e orgulho, a palestra se mostrou extremamente eficiente e eficaz no seu propósito.

Conclusão: com a reação e a realidade do entendimento, percebi o quanto todos nós complicamos assuntos que poderiam ser entendidos de maneira rápida sem riscos de dúbios entendimentos. No caso da palestra, ficou claro que a tradução do tema em palavras mais simples colaborou para que mais pessoas pudessem compreender os caminhos possíveis para o desenvolvimento da educação.

Informe seu e-mail:
ME INSCREVER

Receba meus artigos diretamente no seu e-mail

Se mantenha atualizado, assim que postar um novo artigo no blog você será avisado.
close-link